(11) 3458-6222

NOTÍCIAS

Nova versão 2.2.01 do Manual de Orientação do eSocial

Nesta quarta-feira (22 de março de 2017), o Comitê Gestor do eSocial publicou no Diário Oficial da União, por meio da Resolução CG-eSocial nº 7/2017 a nova versão 2.2.01 do Manual de Orientação do eSocial (MOS).

Conforme informações divulgadas através dos veículos de comunicação, segundo os gestores do projeto no governo, o eSocial já está mais do que 95% concluído e a nova versão será utilizada para os trabalhos de homologação e produção restrita, ambiente de testes disponível ao público a partir de julho/2017.

Diante disso, as empresas devem finalizar os ajustes em seus sistemas, de acordo com as diretrizes publicadas, para que estejam aptas a participar do ambiente de testes.

As principais alterações realizadas nesta última versão do são:

  • Correções lógicas relacionadas ao sistema;
  • Melhorias na redação de alguns campos ou grupos para correção ou melhor compreensão do conteúdo; e
  • Mudanças que influenciam nos eventos totalizadores das contribuições previdenciárias.

Por fim, é importante relembrar o cronograma de início do envio dos eventos do eSocial:

  • Janeiro/ 2018: Entidades com faturamento maior que R$ 78 milhões em 2016
  • Julho/ 2018: Demais Pessoas Jurídicas.

Tendo em vista a proximidade do início da obrigatoriedade é necessário que as Empresas atribuam celeridade aos projetos de implantação, com o diagnóstico do compliance de legislação, processos internos impactados e aderência sistêmica ao eSocial.

A versão do novo Manual de Orientação do eSocial 2.2.01 está disponível no seguinte endereço eletrônico:

< http://www.esocial.gov.br/>

A equipe de Consultoria Trabalhista e Previdenciária da Milaneli está à disposição para auxiliá-los na análise dos requisitos necessários para o cumprimento do eSocial.

Em caso de dúvidas para atendimento desta obrigação contate-nos pelo e-mail: comercial@milaneli.com.br

COM O FAP ONLINE, VOCÊ ESTÁ NO CONTROLE

Um Software 100% Web
Orientado para Gestão de FAP/NTEP e
Absenteísmos médicos